O que torna impuro o homem

pexels-photo-220429.jpeg

Imagine que você está com um limão na mão. Observe sua casca. Aperte-o entre os dedos e sinta a sua firmeza. Permita-se, com sua mente, cheirá-lo. É um cheiro muito peculiar. Corte-o ao meio.

O seu aroma fica mais forte. Agora, encha-se de coragem e de uma mordida em seu limão. Sinta o seu gosto. Como foi? Se você usou bem a imaginação sua boca deve estar cheia d'água...

Essa foi só uma ligeira e rápida visualização de poucos segundos e seu cérebro, suas glândulas, seu corpo, enfim, reagiu. Foram simples palavras associadas à imagens. Seu cérebro levou-as a sério e centenas de funções foram ativadas em seu corpo físico. Os pensamentos, as
palavras, a imaginação alteram de forma imediata a química cerebral. Os elementos químicos criados pelo cérebro se espalham por todo o organismo, levando saúde ou doença, felicidade ou agonia.

Se você recorda situações difíceis ou comenta eventos desagradáveis produz imediatamente elementos químicos de tristeza, doença, mal-estar e ainda cria um magnetismo negativo que atrai para a sua vida vibrações e eventos semelhantes. A boa notícia é que você pode dinamizar sua autoconsciência. Você pode observar o teor de seus pensamentos, de suas palavras. Você, e só você pode fazer suas escolhas. E, ao escolher bons pensamentos, boas leituras, falar só o bem, estará produzindo elementos químicos que curam seu corpo, trazem alegria à sua vida, e atraem eventos e pessoas harmonizadas.

O grau de envolvimento emocional com que dizemos ou pensamos acrescenta força, poder, energia às nossas palavras e pensamentos. Foque então no que você deseja e não no que você teme, no que critica nos outros, no que você não deseja para sua vida. Em verdade você caminha para tudo o que focaliza!

Vibre no bem, fale no bem. Construa imagens de você feliz, saudável. A Psiconeuroimunologia esclarece que o cérebro e o sistema imunológico respondem mais fortemente às imagens mentais. Cada imagem estimula a produção de substâncias neuroquímicas relativas ao seu conteúdo que se espalham por todo o corpo através da corrente sanguínea. Imagens que trazem medo e raiva estimulam a produção de substâncias equivalentes, assim como imagens de harmonia e paz produzem substâncias harmônicas que levam equilíbrio a todas as células do corpo físico e à matriz espiritual.

Jesus nos alertou que nós pecamos, ou seja, nos desequilibramos, pelos pensamentos, palavras e obras. Chamando para si o povo o Mestre disse (Marcos, 7, 14): ouvi-me todos e entendei. Não há coisa fora do homem que, entrando nele o possa manchar, mas as que saem do homem, essas são as que tornam o homem impuro. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

Deixando a multidão e entrando em casa, seus discípulos o interrogaram sobre essas palavras e ele as explicou dizendo: o que sai do homem é o que contamina o homem, porque do interior do coração é que procedem os maus pensamentos, as iniquidades, a inveja, a maledicência, os furtos, os homicídios. Todos esses males procedem de dentro e são o que contamina o homem.

Grande parte das pessoas na Terra consome suas vidas com preocupações com o mundo exterior, com a posse de objetos, relacionando o valor pessoal pelos bens que possui. Jesus nos aponta um caminho com direção oposta, nos convidando a observarmos o nosso mundo interior, afirmando que o que nos pode tornar infelizes é o que brota de nosso íntimo, para onde devemos focar nossas observações.

Eu convido você nesse momento a inspirar profundamente, reter o ar por uns instantes e expirar relaxando seu corpo. Sinta o ar entrando pelas suas narinas e o ar saindo. Observe a presença silenciosa da sua consciência em seu corpo... seus pensamentos são atributos do espírito... não se confunda com os seus pensamentos... você é o espírito imortal... Sinta agora o fluxo de uma energia divina que percorre todo o seu corpo, da cabeça aos pés, em forma de luz... observe a cor... sinta o aroma... situe essa energia de forma intensa na região de seu coração e peça a Jesus que neutralize as emoções perturbadoras que possam ter se acumulado aí... perceba a paz que invade o seu tórax... a harmonia... usufrua...

Quando desejar retornar às atividades habituais, coloque novamente a consciência nas narinas, sinta o ar nos movimentos de inspiração e expiração...

Texto retirado do livro "Vivências com Jesus", de Yasmin Madeira
http://www.clubedearte.org/livros/livro-vivencias-com-jesus