SETEMBRO AMARELO

Desdita

Se o sonho enfim acabou
E dos olhos só resta dor e solidão
Quando a vida por si não é mais nada
Apenas tristeza e decepção

Nessa hora nada temas
Não se tortures, nem te algemes

Renegar a vida e não aceitá-la
É defender a morte e acreditá-la

Observe que tudo flui para melhor
Nada é tão pior quanto parece ser
Não queiras acabar com a vida
Com certeza essa é sua principal dúvida!

Olhe para trás o quanto você construiu
O que viveu nos sonhos teus
Observe que já foi feliz e será
Porque Deus assim te fez

Permita-se amar e ser amado
E também a cair
Mas em toda queda que surja
Encontre motivos para não desistir

Nina Lisboa - RJ
 


Luz

Persiste sobre o mar bravio,
ante a escuridão é que se raia o dia;
sob a dor, a oração é o velho guia,
com Jesus, segura o leme do navio.

Resiste como o humilde carpinteiro
que acalmou os ventos e a tempestade;
e mesmo coroado num espinheiro
floriu o amor e salvou a humanidade.

Persiste como o mais forte lutador
que marejou seus olhos na terra dura,
mas levanta o Sol sobre essa pintura
Raiando o despertar do Criador.

Resiste feito a rosa da saudade
mesmo que chore a ausência desmedida;
o perfume de quem partiu pra eternidade
te acompanha nos labirintos dessa vida.

Persiste feito flor que tem espinho,
rema tua nau entre a tormenta,
mesmo que te rasgue a vestimenta,
é Cristo quem guarda o teu caminho.

Mauro Augusto de Amorim - SP


Recapitulando

Nesta experiência-escola em que te encerras
Há dores e lutas
Rumores de guerra
Segue firme, porém, de alma resoluta

A vida te busca em cada esquina
O mal, sombriamente, tenta ludibriar
Mas o Amor é substância fina
Que a todo tempo está a nos rondar

Ciente das premissas, das lições
Do exemplo que uniu os corações
Não te permitas acabrunhar pelo temor!

Ergue o peito, encara a subida
Sente os bálsamos da aurora florida
É o Cristo a te envolver com seu Amor!

Nijinska Nelly - RN


Vai antes do tempo

O que se demora na raiva e no rancor e perde a oportunidade de viver a vida em todo seu esplendor
Aquele que prefere no embate da discussão ter sempre razão e deixar de lado o amor e a emoção

Vai antes do tempo
Quem não planta em seu jardim uma flor, não cultiva as amizades, não semeia a fraternidade
Aquele que prefere sempre apontar, julgar sem dar oportunidade do outro se expressar

Vai antes do tempo
Quem não vê beleza na natureza, não busca observar, contemplar
Aquele que não se encanta com a arte e só vê cinza em toda parte

Vai antes do tempo
Quem não vê no tempo um aliado e perde tanto tempo na culpa sem arrepender, sem ter coragem de pedir desculpas

Vai antes do tempo
Aquele que já não sonha mais
Aquele que já perdeu a esperança
Perdeu o amor e prefere se demorar na dor

Mas ainda há tempo de mudar tudo isso
Sair do desalento
Busca no trabalho, na doação, no amor e assim encontrarás uma luz, que  nunca te abandonou
É Jesus

Não vá antes do tempo,porque ainda há tempo

Claiton Freitas - DF
 


Poema da eternidade

Somos eternos ,não tenhamos dúvida
E qualquer dia, todos se encontram em uma curva.
E , tudo aquilo que parecia morto, sem vida
É reencontrado após longa partida...

Com vitalidade e energia!!
Despedidas são passageiras
Saudade deve ser o único motivo pra choradeira
Não a crença de que a vida é derradeira.

Acreditar na vida eterna
Torna nossa passagem mais bela!
A certeza do reencontro algum dia
Antecipa sentimentos de paz e alegria.

A natureza é perfeita
E sempre refeita
Em planos interligados pelo Pai Celestial
Tudo flui , tudo evolui
E O BEM SEMPRE VENCE O MAL!!!!

Valéria Moura - RJ


Viver

Viver...
Me faz aprender
Que a vida é comparada a maré
Hora braba, hora mansa
Me ensina a aceitar com fé
Que ainda sou uma criança
Que sabe se fortalecer
Na oportunidade que cansa
Também me fazendo entender
O poder da esperança

Viver....
Me faz aprender
Que eu não posso mudar
Somente aquilo que nunca tentei
E que devo muito acertar
Mas que também ainda errarei
Com a certeza que quando acontecer
Eu devo me perdoar
Pra não me entristecer

Viver...
Me faz aprender
Que na vida nada tem fim
E que tudo na verdade
Só vai ficando maior
Seja no outro ou dentro de mim
Me faz verque é no bater de um coração
Que o amor encontra a melhor
Oportunidade de cumprir sua missão...
Viver

Klaus Faryj - PR


Fortaleza 

Queixa- se de solidão
Coração amargurado
Em triste depressão 

Olha ao redor, só decepção
Alma vazia,  coração aturdido
Lágrimas rolam
No rosto cansado e abatido 

Não enxerga esperança
Uma luz no fim do túnel
As ideias o aturdem
A dor lancinante, não assume 

Prefere esconder
Prefere dizer que não sofre
Enclausura- se no cárcere
Reclama falta de sorte 

Assim, a vida vai passando
Colecionando tristezas e amarguras
Enxerga sua dor como sendo a única
Não vê prelúdio de cura 

Erga a cabeça! 
Olha em volta, vê a natureza? 
Não reclama, trabalha, serve e enobrece 

Faça uma prece
Agradeça o que tem
Se tens o mínimo e não o máximo
É para o teu próprio bem 

Quando acordar amanhã 
Pousa os olhos para o céu
Está lá sempre sorrindo
Não importa o calor ou frio 

Reclama sem perceber
Medita, é centelha divina
Esforça- te em seu compromisso
Compreenda,  é tesouro de Deus! 

Nina Lisboa - RJ


 Viver-se

Eu te falarei de esperanças
Sente as cores
As flores
As alegrias das bem-aventuranças!

Estuda a dança da vida
As leis imutáveis do Amor Universal
Se não for hoje, amanhã te sara a ferida
Dilatarás a compreensão sobre o bem e o "mal".

Se algum dilema te enegrece o caminho
Olho firme no futuro, na rota!
Certamente não será um espinho
Que te desviará da estreita porta.

Fita a harmonia da colorida vida
Entende o mau momento como aperfeiçoador
A escuridão também faz parte da subida
Mas ela cede fácil ao clarão do destemor!

Nijinska Nelly - RN


Morte/ Vida

Morte

Aniquilação na máquina carnal
Fim dos batimentos, do córtex
Ceifamento do sistema corporal

Vida
Essência do espírito imortal
Flâmula da consciência
Viagem pelas existências

Morte
Apenas uma transição
Mudança de vibração

Vida
Busca pela razão e pelo amor
Dádiva do criador

Claiton Freitas - DF