POETAS E POESIA

Poesia e autor

O pensamento voa
As palavras andam a pé
Descritas numa folha
Poesia é

Tocada de emoção
Revela o desejo
Advindo do coração
Sentimento benfazejo

Gracejado de ternura
Pinta o riso sorrateiro
Traz à tona a alegria
Por ilustre mensageiro

Expressando delicadeza
Refina a inteligência
Denota com clareza
A fonte de sua essência

Trazendo indagação
Revela sua busca
Para aquisição
Da consciência translúcida

Retratando o Amor
Encontra-se com a verdade
Poesia e Autor
Tornam-se Unidade

Elizabeth Caires - SP
 


Poeta

Médium-vidente
Receptor da beleza interplanetária
Os versos, a prosa, os cânticos
E toda a musicalidade celestial soam em seu ouvido
Poeta, 
Para-raio receptador
Antena cosmonauta
Parabólica das leis universais
Sopros de dor, sentimento, amor e pânico
Depressão e ansiedade
Tudo depura seu decodificador.
Seus dedos, sua língua: seu veneno, seu chicote.
Munido é pelo dom invisível de estar bem
                         [e mal ao mesmo tempo
Mas,
Por mais simples que seja, 
Nunca deixará de arrancar uma lágrima.

Giovani  Zilli - PR
 


O poeta espírita

O poeta espírita
É um escritor de versos e almas
Não está aqui na Terra por acaso

Tem o dom de aclarar vidas
Facilitado pela doutrina espírita

Não pense em desistir!
Continue firme no propósito de bem servir

Primeiro eduque a si mesmo
Para que sua arte aconteça
Dentro do próprio coração

Doce consolação
Suave inspiração a trazer
Sintonia perfeita com a criação
Afinal sois versos de Deus!

Nina Lisboa - RJ
 


Provocações

A minha maior transgressão
É ser poeta. 
É declarar a verdade
Num mundo feito de aparências. 
É enaltecer o sonho
Para quebrar as correntes
Dessa falsa e inventada realidade. 

Glaucio Cardoso - RJ
 


Dia de poeta

Eu hein?
E poeta lá tem dia?
Pra falar da tristeza
Da alegria?

Do sentimento
Do amor
Da nuvem
Da flor?

Da beleza da vida
E da esperança?
Da madureza
E da criança?

Do que é certo
E preciso
Da lágrima
E do sorriso?

Do medo
Da agonia
Do calor
Na invernia?

De desafetos
E amores seus
De mim, de você
Jesus, fé e Deus?

Elciomar Rocha - PR


Já dizia o velho Pinto:
"Tira de onde não tem
E coloca onde não cabe!"
É o POETA aqui e além
Intui, se inspira e faz luz
E a sua verve produz
As belezas do infinito
Tanto quanto vive o encanto
Com seu canto seca o pranto
Que vem de Deus o seu grito!

Merlânio Maia - PB


Poesia

Momento transbordante
De tristeza ou alegria
Ás vezes,é grito
Outras vezes terapia. ..

Poesia em todos os momentos da vida

Para acalmar
Ou relatar
Para bendizer
Ou simplesmente transparecer

Poesia, uma espécie de encanto
Mexe com sentimentos,incitando o pranto
Poesia, sem ti não sei viver
Pois também me ajuda a compreender meu próprio ser

Poesia ,encanto divino ,pedaço do céu
Fazendo amargor virar doçura como o mel
Estejamos atentos ás maravilhas destas linguagens celestiais
Que transmitem sentimentos onde a simples palavra não é capaz

Vida sem poesia. ..
Pareceria tão vazia...

Seria como circo sem alegria!!!

Valéria Moura - RJ


Madrugada

Vida de poeta,
A estrela da janela,
Da calçada, a rua quieta,
No céu há um planeta.

Há ali outro poema,
Que adotou a mesma estrela,
Vai cadente em outra cena,
Rabiscada com caneta.

Há muitos corações
Abrigados nesse léu,
Nos pedaços de papel,
Em silenciosas ilusões.

Todo espaço é poesia
Sob o Sol que está dormindo,
E ainda o vemos colorindo
A pobre Lua em harmonia.

Mauro Augusto de Amorim - SP


Subterfúgios poéticos

No verso, na palavra, a clareza, eu vejo no chão do sentimento o valor do que eu sinto por vezes dentro do meu coração.

Estrofes, que transforam o ruim no bom, ou o bom no ruim.

Poemas que trazem no fundo daquelas letras, a essência viva do que fui e sou todo dia.

A hora da frase escrita, daquela linha grafada, onde tudo se transforma numa bela fração de poesia.

E eu nesse encanto, vejo o céu, vejo luz, e pássaros cantando, sinto a natureza pulsando, e como um belo e rico sonho, eu desperto para a figura do amor poetizado naquele momento.

Eduardo Barros - RJ


 Não gosto de poesia...


                         Não gostas de poesia?
                        Como “não gosto de poesia...”?
                        A vida é poesia. Tu mesmo és poesia divinamente
                        Metrificada com a beleza e o estilo do Criador, que, 
                        Perfeito, rima dúvidas com dádivas...                        
                        Olha o céu!... Vê as estrelas!...Vê a lua!... Sente o
                        Luar!...
                        Desce o olhar... a madrugada preludia o sol!...
                        Desce um pouco mais... amanhece... vê a montanha, a mata,       
                        o pássaro gorjear...
                        Vê a água em catadupa a cair livre, sem culpa, e a
                        deslizar pelo rio, sensual e nua, para o encontro de amor
                        com o mar...
                        Vê lírios, rosas, animálias, que harmonia ambiente!
                        Vê o raio, ouve o trovão e os pingos da chuva batendo no
                        chão... tudo é poesia!...
                        Como “não gosto de poesia”?
                        Olha as próprias entranhas!...
                        Vê, é poesia tamanha, que nem hás de imaginar!...
                        Como “não gosto de poesia...”?
                        Se o átimo que te criou é poesia de Deus: Sê tu.
                        Depende de ti ser poeta ou um incrédulo somente!...

Gerson Praça - RJ


Dedicado em sua técnica,
Contempla a arte e a beleza.
O multiverso da vida,
Expressa em sua natureza.

Alexandre Marques - SP


Poeta

Ah! se tu não existisse

Como o mundo seria triste

Como faltaria rima e sobraria dor

As frases, palavras não teriam cor

 

Dou graças a Deus por ter ti Criado

Com esses belos versos e palavreado

Tua missão é sublime e ímpar

Pelo dom de declamar, consciências libertar

Claiton Freitas - DF


Sou poesia
 

Vejo a vida
com olhar de encantamento
Sinto a beleza da flor
Acolho a pureza da criança
no profundo azul do ser
Ouço as canções que vibram
na alma e no vento
Abraço o ideal
vivo intensamente
cada instante e contraste,
e seja com rima ou métrica
ou com puro sentimento, 
e simples contentamento...
Sou arte!...
Sou liberdade!...
Sou amor!...
Sou flor!...
Sou poeta!.. 
Sou poesia!...

Luciana Barreto- SP


Poeta menino

Era sonho de poeta menino
Percebia uma piscada em cada estrela
E sorria para os diamantes celestes
Como se a graça da vida estivesse
(e haveria de estar)
Escondida atrás da lua.
Um poema, outro verso
Tantas letras quantas galáxias
Um sonho de menino
Que fazendo gangorra lunar
Balançou uma palavra, uma frase
E tornou-se um menino poeta
De publicadas constelações.

Giovani Zilli - PR


Avante, poetas!

Fulguras ao fundo
Preciosas criaturas
Detentoras do dom da palavra
Das alegrias e dores desse mundo

Suas palavras ecoam
São chamas vivas de cor e esperança
Um despertar de vidas
Oh! Poetas espíritas!

Eis que surgem de tantos lugares
Propor nova luz em nossos corações
De suas vozes um novo porvir
E um mundo novo há de redimir

Levem a semente do amor, da paz, do acalanto
A tarefa ainda está no começo
Caminhem em prol de um novo eixo, de um novo ideal
Uma nova arte afinal

Ode aos poetas espíritas!
E a tantos outros poetas
Que tem no lema a tarefa
De conscientizar mentes e consolar, através de mil palavras combinar

O caminho será de muita luz
Pois vocês, poetas de Jesus
Estarão plantando sementes que surtirão árvores depois

Cada rima, cada verso
Seja ovacionado ao mundo inteiro
Avante poetas!
A poesia espírita agradece!

Nina Lisboa - RJ


Autor 

Isso, quem fez?
Isso, quem vê?

Aliás, sou eu
Ou é você?

Em verdade
Não importa
A Verdade comporta
Todos os autores

Ditos Mensageiros
Não somos os últimos
Nem os primeiros 

Propagadores
Da verdade Una
Porque ela é uma só 
Voltaremos ao pó 
E ela permanecerá 

Se você não souber
Pode perguntar
Eu vou falar
Trazida por Jesus:
Amar, Amar!

Elciomar Rocha - PR