NATUREZA

Deus em tela

Enquanto o mundo grita
Dores e desmandos
A alma pede, se agita
Em busca de descanso 

Busco em meio a natureza
Na simplicidade a beleza
Do excelso Pai Criador

No voo da borboleta
No grito da arara travessa
No pequeno beija flor

Mergulho o pé n'água
Corpo e alma inteira
Esqueço dor, sofrimento
Mergulho na cachoeira 

Encontro enfim Deus
Divina Obra do Artista
Autor da mais linda tela
Beleza jamais vista!

Elciomar Rocha -PR


Chuva e Sol em Parceria

Que lindo a parceria
Que faz o sol e a chuva
Se o sol fica na curva
Escolhendo a sertania
A chuva então neste dia
Atende os clamores meus
E gota a gota, pingos teus,
Tudo do mesmo tamanho
Dar ao otimismo um banho
Com os cuidados de Deus

E derrama um colorido
Quer dar vida aos amores
Põe o perfume nas flores
Qual pra sempre é mantido
Se afasta e o sol aquecido
Refaz toda caminhada
E a cada porção molhada
Emprega suas energias
Daí pra nossa alegria
Nossa safra está lucrada

Elevemos-nos em prece
Por amor, por gratidão,
Por toda a produção
Que a todos enobrece
E assim sendo merece
Usarmos da simpatia
E orarmos a Maria
Pelo inverno em paz
E pela lição que trás
Sol e chuva em parceria
                               

Euvaldo Lima - SE


Viagem

Freqüentemente vou a um lugar onde a natureza se apraz em abraçar-me
Nesse lugar sou simplesmente eu mesma
Não há ninguém a julgar-me
Sou senhora de mim
Consciente de tudo que penso e faço

Nesse lugar sinto a água do riacho fresca sob meus pés ao caminhar
As pedrinhas fazem cócegas em meu calcanhar
Fico a meditar no capricho da natureza que está lá a felicitar-me
Dando coragem a prosseguir-me nessa viagem

Sento um pouco e sinto a brisa fresca em meu rosto
E com tal zelo, não me importo se o vento embaralha meus cabelos
Sensação de bem estar incrível
Como eu quero continuar ali, naquele lugar!

Sinto o cheiro da grama molhada
Sensação refrescante invade meu corpo
O céu brinda-me com gosto
O sol aquece e oferece ao meu coração, o conforto da luta cotidiana
Mas mesmo assim, não canso de prosseguir

Assim, fico a meditar em minha própria vida
E de lá tiro todas as ferramentas de que preciso para seguir em frente
Por mais que pareça tudo tão difícil...

Reconheço que sou oriunda da bondade divina
Trago em mim a consciência tranquila
Sorvo doce perfume desse tão bucólico lugar
Como ainda não sei manifestar esse amor de Deus que a tudo quer contemplar?

Quando estiveres triste, cansado, vá também para esse lugar inabitável
Ou a qualquer outro
Onde a natureza por si só transmitirá seu recado
E sairás aconchegado

Frequentemente vou a um lugar onde a natureza se faz mais bela do que já é
E volto confiante, pois mesmo que tudo não vá adiante
Tenho esse lugar como refúgio, meu colo
Onde Deus me acolhe e não pergunta-me nada
Porque já conhece meu nome

Nina Lisboa - RJ


Poema das plantas

Ei, você aí!!!!
O nosso futuro está incerto de existir...
Pedimos socorro para o seu próprio bem,
pois muitas coisas que precisas, a gente tem.

Purificamos o ar, que é essencial
e ainda podemos curar muita coisa que te faz mal.
Damos sombra e deliciosos alimentos.
Ah, e nossa aparência tem muito encantamento!

Por que nos trata tão mal assim?
Não cuidar de nós, pode ser o seu fim...
É preciso cuidado e envolvimento.
Não se deve pensar somente no enriquecimento!

É MUITO IMPORTANTE O REFLORESTAMENTO!!!!

Somos seres como você.
Que também precisa de cuidados para sobreviver.
Que tal pensar na sustentabilidade?
Um planeta sem recursos é uma triste realidade...

Você deve se preocupar com a futura geração
e não ser egoísta, vazio de coração.
Estamos interligados eternamente.
Você também nasce de uma espécie de semente.

E para finalizar ,queremos sua atenção agradecer
e acreditamos que você não vai se esquecer.
Cuidamos de você e você cuida de nós.

NATUREZA UNIDA!!!!!!NÃO ESTAMOS SÓS!!!!!!!!!

Valéria Moura - RJ


Fruto de Gaia 

Gaia sagrada, 
Mãe terna de tantos povos, 
Quando meu corpo se cansa
E minha alma pestaneja, 
Tu me dás o colo, 
O acalanto, o aconchego. 
Lanço-me à relva
E nem me importo
Em tornar-me um
Com meus irmãos
Que carregam folhas cortadas, 
Que fazem o húmus renovador, 
Que cricrilam canções inesperadas. 
Me embala, mãe planetária, 
Recebe este teu fruto de volta ao ventre
E me gera, geratriz, regenera pra eu renascer. 

Sou teu filho fruto falho, 
Em cujas minhas veias
Corre o magma criador, 
As águas purificadoras, 
A seiva vivificante. 

Quero enraizar-me em harmonia
Até confundirmos as superfícies, 
Fotosintetizar em luz e vibração
Os movimentos de nossos íntimos. 
E em gesto de gratidão
Quero também ser aconchego, 
Quero também ser mundo, 
Quero também ser terra, 
Quero também ser mãe, 
Quero também ser Gaia.

Glaucio Cardoso - RJ


Escolhas

A quem diga que fazer escolhas
É uma das maiores dificuldades
Que um ser pode enfrentar
Eu escolho...
Uma criança soprando bolhas,
O som da água na tempestade,
Um chão de terra pra descalço pisar
Eu escolho
O vento e o cair das folhas,
E o tempo que não tem idade,
Um rio pra se admirar.
Eu escolho
Que semeies, plantes e colhas,
Na Terra e na espiritualidade,
O que a mãe natureza não cansa de ensinar:
A arte de amar.

Klaus Faryj - PR


Natureza  em Harmonia

Silenciosamente eu começo a observar.
Os pássaros cantarolando em árvores. 
O sol a nos iluminar.
Flores perfumando o caminho.
Tudo a nos encantar.

Ondas que vêm e vão. 
Aves dançando no céu. 
Quando chove o arco íris se apresenta.
Num espetáculo à granel. 

Liberdade é pisar em folhas secas.
Num grito de louvor a Deus.
Que criou tudo isso.
Para mim, você e os seus.

Somos todos irmãos, na busca de uma vida melhor. Buscando a felicidade, e nem nos damos conta.

Temos tudo que precisamos.
Somos testemunhas na natureza.
Que nos educa a cada dia.
Numa harmonia e beleza.

Aprendamos a respirar o ar puro.
Sentir a brisa fresca que nos toca a face.
Perceber os animais em seus ofícios.
E amar toda a criação. 

Marta Hollanda - RJ


Natureza Triste

Alma Gêmea Natureza,
Que do homem assim faz parte,
Presente Sua Grandeza,
Deus da Terra, Deus de Marte,

Do nosso mundo assim pequeno,
Perante o Universo da Santa Luz,
Criou toda Estrela,
Que nos trouxe assim Jesus,

Fez nascer da tempestade,
Os verdes campos a florir,
Quando raiou sua vontade,
Cadente Estrela fez cair,

Para alertar nossa vaidade,
O Deus humano fez carpir.
Coração da humanidade,
Para a Vida construir,

E a sorte foi lançada
Nos milênios a seguir,
Em mãos descontroladas
Do homem a ferir,

Animais da alvorada,
Árvores do porvir,
Esperanças alcançadas,
Que agora vão partir,

Deus levantou a natureza,
Que o homem faz cair,
A cada dia de crueldade,
No machado do sentir!

Só te peço piedade,
Jesus que me trouxe até aqui,
Onde estará a humanidade,
Quando o mundo não existir?

Mauro Augusto de Amorim - SP


Chora a Terra

Somos a semente de um dia presente... Somos a grandeza de um dia feliz... Somos o amor a pulsar sobre a vida... Somos a vida pulsando em nós.

Terrena Terra que nos envolve em tristeza... Sofrida e enigmática que sofre e não reclama... Terra que desterra as fraquezas do seu tempo... Castigada, empenhorada, e que não nos deve nada.

Nos traz a beleza de nascermos nela... E ela a nossa Terra, só reclama quando chora... Derramando suas águas, dando bronca com trovões... É tão pouco o que ela dá, e morrendo ainda cede... Na certeza que um dia, esse mundo mudará.

Eduardo Barros -RJ


Brinco de princesa

Doce mel e vêm
a beijar a flor o colibri
suas asas a bailar no céu
para em pleno vôo
dar uma pausa
e sorrir para mim,
como a anunciar
a festa da natural beleza!
E em meio a natureza
eu celebro, grata à vida,
a flor, o amor,
a dor e o louvor!...
O mar infinito!...
O sol mais bonito!
E o nascer e renascer
de cada dia,
ao raiar de luz multicor
em meu peito!...
Recebo um "brinco de princesa",
de presente do divino Pai
embalado com amor sem fim!...
E o que há de melhor em mim,
desperta do sono profundo do Ser
que em forma de crisalida,
nos versos deste poema
de singela e pura gratidão!...

Luciana Barreto - SP


Consolo

À noite, a abóbada celeste resplandece
Estrelas no firmamento, astros, planetas, para quê servem?

Já parou para perceber que Deus em seu infinito bem, nos deu a noite para que as estrelas iluminem nossos dias tão cinzentos?

A natureza nos concede dia a dia momentos de renovação
O que é o mar que tanto nos transmite paz e acalma?
O silêncio da montanha, paisagens bucólicas que Deus traz a alma
Tudo se transforma!

Repara no perfume das flores, no toque aveludado de suas pétalas
Quantas cores de tão variadas espécies!
Perfumam nosso caminho e com carinho vão fazendo de nossa vida muito mais flores que espinhos

Observe as crianças que brincam
São felizes! Cantam, riem de si mesmas
Não estão lá para censurar ninguém!
Nos dão exemplo de sua delicadeza, pureza da alma, boa vontade
Seus rostinhos configuram bênçãos frágeis da vida
Verdadeiro sentido da obra divina!

Antes de reclamar que nada vale a pena, lembre que Deus vos ofereceu de consolo: a natureza, o firmamento, as flores, as crianças, e outros tantos presentes que há nesse mundo todo

Deus nem poderia nos dar tanto consolo, mas como é infinito amor e bondade
Também nos deu alegrias para podermos compartilharmos à vontade

Saibamos orar e assim dizer:
Obrigada Senhor, só temos a agradecer!

Nina Lisboa - RJ