Chico Xavier

Francisco

Certa vez, trouxe Deus sobre a Terra
O espelho refletindo sua imagem;
Escrevia Chico sobre a paisagem,
As coisas que do Céu ele soubera.

Reflexo atravessava a atmosfera,
Raio de Sol aquecia toda folhagem,
Regado de amor em sua bagagem,
As vozes que uma sombra o dissera.

Do brilho, a caneta enchia de luz
E partia das estrelas do infinito,
A mensagem da vida, um novo grito,

Do passado ao futuro que conduz.
Foi assim que cada livro foi escrito,
Francisco nas palavras de Jesus.

Mauro Augusto de Amorim- SP


Eu não sou Chico

Eu não sou Chico,
Mas eu quero ser.
Quero poder espalhar bondade,
Ter palavras de esperança,
Ajudar o caído, enxugar lágrimas,
Com o lápis em punho
Mostrar a ilusão do fim
Que no fundo é começo.

Eu não sou Chico,
Mas eu tento ser.
Tento imitar-lhe os gestos,
Tento falar brando,
Tento olhar com igualdade,
Amar sem distinção.
Falta-me deixar de imitar a aparência
E viver a sua essência na minha consciência.

Eu não sou Chico,
Mas procuro ser.
Procuro seguir seu exemplo,
Procuro entender sua mensagem
Procurando em cada linha que dos outros
Ele portou a voz
Um pouquinho de mim ainda desconhecido.

E cada vez que estendo a mão,
Que me acalmo na hora da ira,
Que me esqueço de mim,
Cada vez que dou do que me falta,
Que pratico a caridade sem pensar primeiro,
Que sou justo sem ser rude,
Percebo regozijado
Que eu não sou Chico,
Mas posso ser.

Gláucio Cardoso - RJ


Chico Xavier

Um Menino nascido em Pedro Leopoldo
Infância pobre, roupas rotas
Órfão de mãe aos 5 anos
De uma família com vários irmãos

Passou por inúmeras privações
Convivia com os espíritos desde cedo
Vultos, visões, comunicações
- Chico, vc não toma jeito
- Isso não é de Deus não!
Falava sua madrinha

Para educá- lo servia da vara de marmelo
E outros castigos bem severos
Com muita ou pouca educação
Ela foi ensinando ao Chico
A paciência e a resignação

Um dia depois de tanto orar chamando pela mãe
Quis então assim perguntar:
-Mãe, me tire daqui
Estou cansado de apanhar!

- Tenha paciência meu filho
Quem sofre não aprende a lutar!

De vez em quando a mãe surgia
Que alegria quando acontecia
Aos pés de uma bananeira
A mãe lhe falava para que não sofresse daquela maneira

Sua mãe, Maria João de Deus
Afirmava nas horas de agonia
Que lhe enviaria um anjo bom
" não trate mal sua madrinha"!

Assim, calava e escutava
Doce apelo da maezinha
- Não chore menino, não está sozinho
-Todo tormento tem um fim
O menino viu- se às voltas com Cidália
Era o anjo bom que sua mãe lhe falava!

Assim Chico foi crescendo
Entre aparições de espíritos, na escola, na rua, na missa, em todos os momentos
Haja penitência para esse garoto chamado Chico
- Não enlouqueça menino! Vá a procissão com essa pedra na cabeça!

Não adiantou castigo, reza forte, promessa, milagre, óstia!
Vendendo toucinho, atrás de um balcão ou varrendo o chão
Em todas as esferas do trabalho
Os espíritos ali estavam

Quando tudo parecia ter encontrado seu jeito
À sombra de uma árvore, perto de uma represa
Surge uma figura austera, seu mentor chamado Emmanuel
- Irá psicografar uma série de 30 livros
- Mas para isso é preciso ter disciplina!

Em sua trajetória mediunica
Destacou- se a psicografia
Nosso Lar e Parnaso de Além túmulo
Alguns dos livros mais lidos
Literatos queriam conhecê-lo
Jornalistas surpreendê- lo

Quanto conforto através das cartas
Que eram ditadas pelos espíritos
Serviu de consolo para tantas pessoas
- Maezinhas! Não chorem! Há muito mais além da morte!
- Aqui estão seus filhos queridos
- Transformem as lágrimas amargas em bênçãos aos menos favorecidos!

Cumpria rotina exaustiva
Pinga-fogo, várias entrevistas
Corpo cansado, saúde debilitada
No Centro Espírita Luiz Gonzaga
A fila dos necessitados aumentava
E assim o trabalho continuava...

De história a história, trabalho, renúncia, dedicação
Trabalho intenso na mediunidade
Exemplo pra toda nação

Lindas mensagens, exalava humildade
"Morre um capim, nasce outro"
Seu carisma contagiava!

Nesse mês em que lembramos seu nascimento
Tão envolvente alegria
Sua história nesse momento
Homenageada pela poesia

Nina Lisboa - RJ


Salve o Chico Xavier

Das terras de prata e ouro,
Nascido de osso e couro
Rara espécie de tesouro,
Bendito fruto de Mulher,
Alma de branda mansidão
Símbolo real de Cristão,
Apóstolo espírita, ancião, 
Francisco Cândido Xavier.

Seguidor fiel à Cristo Jesus
Apóstolo do lápis de luz,
Ponte firme que nos conduz,
A raciocinar sobre a fé,
Modelo de Humildade, 
Exemplo de caridade,
Ícone da mediunidade,
Francisco Cândido Xavier.

Alma sofrida, resignada,
Sem o material, desapegada,
De uma moral tão elevada,
Que só Jesus sabe quem é,
Embora digam: foi Paulo,
Foi Kardec, João, Saulo
Eu feliz no canto, calo.
Salve o Chico Xavier.     

Euvaldo Lima - SE


Chico Xavier - 108 anos
1919-2018

Ele veio de bem longe...
E  pediu como missão
Reencarnar neste Planeta
De prova e expiação. 

Poderia escolher outro
Dentre outros tantos mil,
Mas quis reencarnar na Terra
Tendo por berço o Brasil.

Enviado por Jesus
Que foi enviado por Deus
Ornamentou  o Evangelho
Na glória de exemplos seus...

Chico de Deus na Terra...
Chico de Deus, brasileiro...
Chico Paz, do Bem, sem guerra...
Chico Xavier, mineiro...
Alma mansa em solo denso
Feito de dor e amargura
Conciliando bom senso
Com humildade e ternura...

Ele é  Chico Xavier
Tesouro lá das Gerais
Que descortinou ao mundo
As Minas Celestiais...

É  o "corretor" sublime
Que sem "lotear" a Luz
Desvelou-nos as Moradas
Prometidas por Jesus...

Moço Rico de Evangelho
Deixou tudo pelo Cristo.
Seguindo-O, incontinenti
Algo assim jamais foi visto!...

Verbo luz! Verbo verdade!
Sem qualquer contradição
Mostrou ao homem dois mundos
Em plena harmonização. ..
O Espírito,  ensinava:
É esse Ser triunfal
Sobrevivente à carne
O Espírito é imortal.

Disse ao homem:-Tu és luz!
Não  deves viver ao léu ...
Disse ao homem: Caridade
Eis a senha para o Céu! ...
Recuar a Novo começo!?
Ninguém há que faça assim...
Mas quem quiser, pode, agora,
Começar um novo fim...

Na Terra lenço  seguro
E  a verdadeira dracma
Não  a moeda perdida
Mas um Secador de lágrima. ..
Sobre o Orbe ensanguentado
Semeou Amor e Luz
Pra segar Felicidade
Na Lavoura de Jesus...

Sede perfeitos, sentença
Que vivenciou de cor...
Do Amai-vós uns aos outros
A lição em tom maior!...

A incomparável hosana...
Um século de AMOR...
Eis a Luz Meridiana
Que ilustra - O Consolador- ! 

Gérson Praça - RJ


Quando Deus me permitiu
Ter o nome de Francisco
Me oportunizou o combate
De ser imperfeito e arisco
Pois basta tirar o FRAN
Para ver que sou: UM CISCO

Que imensidão de humildade
Esteja onde estiver
Ensina com a vivência
Que a virtude requer
Quanto mais quer ser pequeno
Mais cresce Chico Xavier!

Merlânio Maia- PB
 


Chico Xavier

No sarau do nosso Chico,
Digo ao povo também fico.
Reconheço neste ser
Da Doutrina a liderança
Nesta alma de criança
Que fez o povo crescer.

Mensageiro de Jesus,
Portador de muita luz,
Enfrentou dificuldade
Pra cumprir sua missão
O que fez de coração,
Em muita diversidade.

Foi um sábio encarnado,
Sempre muito iluminado.
Pelos livros que lançou,
Semeadura do bem,
Foi intérprete do além
Que no planeta aportou.

Autoridade moral
Foi forte neste canal
Que soube seguir em frente,
Mantendo atitude reta
Sem jamais sair da meta
Que assumiu galhardamente.

Cada livro produzido,
No aval do Mestre querido,
Trazia pra humanidade
Consolo, luz, instrução,
Abrandando o coração
Dos que estão na ansiedade.

Chico foi ponto de luz,
Na terra de Santa Cruz.
Completou grande verdade
Que na Terra foi trazida,
De maneira destemida,
Por Kardec à eternidade.

António Carlos Essado - SP


Cisco

Menino
Era Francisco
Cresceu
Amadureceu
Cisco

Tão pequeno
Tão grande
Minerim

Trouxe a vida imortal
E o Evangelho
Até mim

Mãos abençoadas
Alma abençoada
Coração puro
Firme, seguro
Viveu e fez

No exemplo
Calado
Mesmo açoitado
O Rabi seguiu
Desde 2 de abril
Clareou o mundo
Por um segundo
Iluminou a tudo 

Clarão de luz
Do amigo Jesus
Dileto mensageiro 

Um simples Cisco
Discípulo do Cristo
Coração mineiro

Elciomar Rocha -Pr 


Chico Amor Xavier

Sua vida uma lição
de amor e emoção
Praticou a caridade
É exemplo de bondade
Multiplicou sua luz
com os livros psicografados
exemplificou Jesus
e com sua simplicidade
Nos mostrou a mais
pura verdade:
Que a vida continua
pela eternidade 

Luciana Barreto - SP


Quem é que  fala  com tanto amor?
É Chico Xavier, o mensageiro do Senhor!
O Chico é alegria!O Chico é compaixão! Pois tem Jesus  dentro  do seu coração
Quem é que fala com tanto amor?  
É Chico Xavier, o mensageiro do Senhor
Chico só traz a paz, Chico só traz a luz, pois  é  chamado o mensageiro  de  Jesus  
Quem é que fala com tanto amor?
É Chico Xavier o mensageiro:

Lourdes Ferreira - SP
 


E o seu nome é AMOR

Num agradecimento a Deus, um nome vem em minha mente. Um ser que plantou o bem, germinando qual semente. 

Sua vida foi toda dedicada em ajudar, desde pequeno percebeu as nuvens de testemunhas, que ao seu lado queriam estar.

Foi num dia calmo, a beira de uma cachoeira, que conheceu aquele, que o acompanharia para o testemunho de uma vida inteira.

Trouxe diversos livros, que os Espíritos lhe passaram. Ensinamentos profundos, aprendizados testemunhados.

Muitos sofrimentos, 
Diversas palavras amiga.
Um coração que so se doou.

Com Emmanuel entendeu sua Missão,
Com humildade cumpriu tudo com alegria.
Mesmo em momentos de profunda dor.
Ao passar pelos desafios de sua vida.

Nem a sua família conseguia estar ao seu lado.
Precisou se mudar do interior para um local maior.
Por causa das pessoas que o buscava.
Num peregrinação cicatrizando feridas. 

Seu foco era se aproximar de Jesus. 
E até a nossa mãezinha através de Celina o visitou, dizendo que ele tivesse calma, que tudo na vida passa.

Isso tambem passa. 
Todas as dores e injustiças. 
Teve disciplina, disciplina, disciplina,
Uma vida eterna de realizações.  

Jesus, Kardec e Chico
Esse trio que nos trouxe a Luz.
Acendendo onde tinha trevas, 
Nos preparando para o caminho que nos conduz. 

Chico Xavier que seu nome também  poderia ser  Amor

Marta Hollanda - RJ


Chico Xavier

Exemplo de Cristão
Que transcende a sua geração
Sua história de vida é pura lição
Neste mundo onde carece a compreensão

Sim, ele foi incompreendido
E também perseguido
Com uma imensa sensibilidade
Adquirida nesta vida de eternidade
Foi esclarecendo e nos fazendo entender
O para quê e o porquê da existência de nosso ser

Agregador,  espírito fraterno
Trazendo luz,  afastando- nos do inferno
Experiências tangíveis esclarecedoras
Desafiando a lógica das ciências conservadoras

Sua passagem foi instrumento para renovação de nossa fé
Vive eternamente o amado CHICO XAVIER!

Valéria Moura- RJ